#RioByNVA

Ecodesign e design sustentável: diferenças e como aplicar cada prática

Dentre as 17 propostas das ODS difundidas pela ONU, estão as cidades e comunidades sustentáveis e ações contra a mudança global do clima. Para que esses objetivos sejam alcançados até 2030, muitas empresas estão adotando práticas mais sustentáveis na sua produção e com o mercado de design não foi diferente.

Das diversas formas de  tornar o design mais sustentável, há duas que estão se destacando no mercado, o Ecodesign e o design sustentável. Hoje nós vamos falar um pouco mais sobre cada uma, suas diferenças e formas de aplicá-las, confira:

O que é ecodesign

Ecodesign ou design ecológico é intimamente ligado ao designer austríaco Victor J. Papanek, que colaborou com projetos da Unesco e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O ecodesign tem como maior foco a preocupação com a escassez de recursos naturais e busca implementar produtos e processos que minimizem o impacto ambiental, salientando a eficiência energética, a durabilidade e a diminuição de resíduos.

Como implementar o ecodesign

  • Optar por materiais menos poluentes que sejam reciclados ou possuam uma produção sustentável;
  • Evitar materiais tóxicos;
  • Investir na produção de produtos que possuam uma maior vida útil para diminuir o descarte constante;
  • Optar por processos produtivos que utilizem menos energia e água;
  • Criar itens que possam ser trocados ao invés de descartados;
  • Propor projetos que reutilizem objetos devolvidos na sua criação.

O que é design sustentável

A grande diferença entre o ecodesign e o design sustentável é que a segunda opção é um pouco mais abrangente, buscando gerar uma sociedade voltada à sustentabilidade tanto ambiental quanto social. Nesse conceito é levado em consideração também as preocupações sociais e econômicas de um produto ou serviço.

O interessante é que um não anula o outro. Para que seja possível alcançar os objetivos do design sustentável é necessário implementar o ecodesign.

Como sociedade é importante atentar-se na forma de consumo e implementar algumas práticas:

  • Utilizar materiais de forma mais consciente;
  • Reutilizar o que você já tem;
  • Optar por empresas que possuam políticas sustentáveis;
  • Organizar seu espaço para que haja entrada de luz e ventilação naturais;
  • Consumir apenas quando necessário.

A NVA incentiva toda prática que contribua para um desenvolvimento saudável do nosso planeta!

Aqui no nosso blog você encontra essas e muitas outras dicas de decoração, tendências e ambientes. Em nossas redes sociais você fica por dentro de muito conteúdo sobre a Zona Sul do Rio, além dos melhores imóveis para venda e locação da região!